Melhora avaliação de planos de sáude

Postado dia 08/21/13 em Notícias, Sem Comentários

Operadoras com melhor desempenho concentram 76% dos usuários

Praticamente dobrou o número de operadoras de plano de saúde no Brasil bem avaliadas em critérios de atenção à saúde, situação econômico-financeira, estrutura e operação e satisfação do usuário. A Agência Nacional de Saúde Suplementar, órgão que regulamenta e fiscaliza o setor, divulgou ontem o resultado do Índice de Desempenho da Saúde Suplementar (IDSS) referente ao ano de 2011. Das 1.239 operadoras avaliadas, 59,3% tiveram bons resultados. Em 2010, apenas 31% tiveram notas acima de 0,6, em uma escala de 0 a 1.

INFOGRÁFICO: Veja a nota dos principais planos que operam no Paraná

Para se chegar à pontuação, 33 parâmetros foram analisados e divididos em quatro quesitos – atenção à saúde, satisfação do beneficiário, desempenho econômico-financeiro, estrutura e operação (avaliação da rede). Dentre os principais planos paranaenses ou que operam no estado, apenas o Oral Med Paraná, que atua na área odontológica, teve nota abaixo do índice considerado satisfatório. Mas, apesar dos bons resultados, todos os planos com atuação no mercado local tiveram em 2011 desempenho inferior ao do ano anterior.

Para o advogado e mestre em Direito da Saúde José Luis Toro, isso é resultado de uma atuação mais incisiva do órgão regulador. “Há uma seleção natural em andamento no mercado de planos de saúde. As operadoras com os piores índices, que eram causadoras maiores de problemas, saíram do mercado. As que permanecem, têm de cumprir critérios cada vez mais rígidos”, avalia Toro.

Segundo a ANS, em 2011 190 operadoras foram fechadas por baixa qualidade de serviços. No mesmo período, o número de usuários aumentou 3,4%, alcançando a marca de 60 milhões de beneficiários em 2011.

As operadoras com melhor desempenho concentraram 76% dos clientes e foram as que mais atraíram mais beneficiários. “Estamos muito distantes de um mercado concentrado, mas temos de ponderar: precisamos garantir a qualidade sem que haja concentração no mercado”, avalia o presidente interino da ANS, André Longo. “A agência vai continuar implementando as medidas necessárias para garantir a sustentabilidade do setor e a melhor assistência ao beneficiário”, afirma.

Transparência

A ANS lançou uma ferramenta que permite ao consumidor avaliar o desempenho de seu plano de saúde e compará-lo com o resultado de outras operadoras.

O “Espaço da Qualidade”, disponível no site www.ans.gov.br, lista 33 indicadores, como o próprio IDSS, além dos índices de reclamações das operadoras e da lista dos planos com comercialização suspensa. “É uma referência importante que ajuda na escolha. Todas as operadoras estão sujeitas a um padrão de cobertura. O consumidor pode avaliar e, se desejar, fazer a portabilidade para outra que ofereça melhor serviço”, indica Toro.


Fonte: Gazeta do Povo

Faça um Comentário

Seu email nunca é publicado ou compartilhado. Os campos obrigatórios são marcados *